PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A COLIBACILOSE

 

Normalmente presentes no tubo digestivo, os colibacilos, são bactérias que se tornam virulentas na presença de circunstâncias favoráveis devidas normalmente a um enfraquecimento do estado geral, podendo nessas circunstâncias disseminarem-se por todo o organismo.

A administração repetida dos antibióticos, pode favorecer a proliferação de colibacilos em virtude da destruição da flora intestinal e da criação de uma lacuna, que o colibacilo terá tendência para preencher, proliferando.

O diagnóstico da colibacilose, poderá ser posto sem grande margem para erro, a quando do aparecimento de diarreias muito liquidas feitas no prato (prato de barro que se usa tradicionalmente como base para o ninho dos pombos), desde que tenha sido eliminada a possibilidade de uma tricomonose.

As aves afectadas devem ser tratadas com medicação adequada. sulfadimetoxina e trimetoprim, administrado através da água de bebida na posologia de uma colher das de chá por litro de água. 

Como medicação de suporte, recomenda-se a administração de FLORATONYL com extracto de fígado, na posologia já atrás indicada.

 

QUE FAZER PARA TENTAR EVITAR A MORTE DE UM POMBO DOENTE?

 

Em caso de doença, a eficácia do tratamento depende: da fiabilidade do diagnostico e da escolha do tratamento, (de cuja especificidade depende uma cura rápida e total).

Assim sendo, após o aparecimento de uma diarreia, seria lamentável preconizar um tratamento contra a coccidiose caso se verifique: o aparecimento em simultâneo de pontos branco-amarelados no palato e ou garganta, sinal inequívoco de uma tricomonose, ou um emagrecimento acentuado, sinal evidente de um parasitismo por vermes intestinais!

Um tratamento precipitado poderá revelar-se ineficaz, revertendo numa perca de tempo durante o qual a doença não cessa de evoluir, enfraquecendo o pombo cada vez mais…

Tornando portanto indispensável observar atentamente pombo doente, de modo a emitir um diagnostico correcto, permitindo a escolha pela medicação mais adaptada.

Quando se levanta um problema de saúde, o reflexo imediato é o de fortificar através da administração de vitaminas, esta atitude é sempre vantajosa para o pombo que normalmente apresentará algumas melhorias do seu estado geral.

Contudo estas melhorias são de carácter passageiro, pois as vitaminas não possuem uma acção terapêutica directa sobre germes, bactérias ou parasitas; fortalecer o organismo, permitindo-lhe reagir através da produção de anticorpos capazes de anular a acção viral.

Na prática e infelizmente, devido à virulência dos agentes infecciosos, nem sempre dispomos do tempo suficiente para efectuar todos os passos atrás indicados.

Esta é a principal razão de interesse, da associação de diferentes princípios activos (vermífugo, coccidióstatico, tricomonicídia, desinfectante intestinal), em uma só especialidade.

Essa especialidade, permite atingir simultaneamente germes, bactérias ou parasitas, etiologias primeiras da doença, bem como os agentes das infecções secundárias, que normalmente se instalam nos animais enfraquecidos.

 

Novidades

Flyingvet no Facebook


Flyingvet Lda no Facebook

Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Widget by : Joomla Tutorial